Até o ano de 2027, a SAP deixará de prestar suporte para os seus softwares mais antigos, como o SAP ERP, BW e CRM. A partir dessa data, apenas as empresas que utilizam o SAP S/4HANA, a versão mais recente do sistema, receberão atualizações.

É por isso que fazer a mudança antes do ano limite para migração para SAP/HANA é importante e você já deve começar a pensar nisso agora. Deixar tudo para a última hora não é o mais recomendado a se fazer.

Por isso, desenvolvemos este artigo, para que você aprenda mais sobre o assunto e saiba como proceder. Continue lendo e entenda!

Entenda o porquê de 2027 ser o ano limite para migração para SAP/HANA

O ano de 2025, inicialmente, havia sido escolhido pela SAP como limite para a migração para o SAP S/4HANA. Porém, ao perceber que muitas empresas não estavam se preparando para as mudanças, resolveu-se estender esse prazo em dois anos. Agora, 2027 é o ano limite para a migração.

Escotta - Consultoria, Projetos e Soluções SAP

Passar a usar a nova versão do sistema até o ano limite para migração SAP/HANA é importante, tendo em vista que somente assim a sua empresa poderá acompanhar as evoluções do sistema e seguir recebendo as inovações que forem sendo produzidas.

Apesar de 2027 ser o ano limite para a migração e ainda parecer um tanto quanto distante, quanto antes  você iniciar o processo de mudança, melhor. Isso porque o SAP S/4HANA é muito mais versátil, inovador e útil para a sua empresa.

Ele possibilita, por exemplo, que todas as operações sejam desenvolvidas em nuvem, quebrando fronteiras geográficas e permitindo a execução do home office, por exemplo.

Vale lembrar que essa modalidade de trabalho cresceu muito nos últimos meses, por conta da pandemia de COVID-19. Apesar de as  rotinas já estarem se flexibilizando, o trabalho remoto deve continuar sendo praticado por muitas empresas.

Veja os motivos que você tem para fazer a migração

Não espere o ano limite para migração para SAP/HANA! Inicie os processos migratórios ainda hoje e consiga mais resultados positivos para a sua empresa! Ao usar o novo sistema, você terá uma série de vantagens. Veja algumas delas!

Armazenamento de dados em nuvem

Como explicamos, o SAP S/4HANA tem uma memória própria, a HANA. Todas as informações da sua empresa ficam armazenadas ali, podendo ser acessadas em qualquer local, desde que haja acesso à internet.

Isso possibilita que sejam criados workflows e utilizadas metodologias ágeis, que tornam o trabalho ainda mais eficiente.

Extinção das redundâncias

O SAP S/4HANA não tem redundâncias, como tabelas e metatables duplicadas. Isso porque tudo fica armazenado “in memory”, ou seja, na memória principal do próprio sistema.

Redução do back-end

Também é uma vantagem do SAP S/4HANA, a redução do back-end. Ele foi reduzido de  maneira massiva, tornando os processos muito mais ágeis e práticos de serem executados.

Escotta - Consultoria, Projetos e Soluções SAP

Desenvolvimento mais simples

O desenvolvimento dentro do sistema é mais simples, de modo que fica mais fácil de implementar ferramentas complementares, como as soluções de reembolso eficiente e sem fraudes.

Saiba como fazer a migração para o SAP S/4HANA

O ano limite para migração para SAP/HANA é 2027! No entanto, você não precisa e nem deve esperar até lá para migrar. Pelo contrário, quanto antes começar a se preocupar, melhor.

Para fazer a migração, existem duas metodologias que podem ser seguidas: o upgrade e a greenfield. Veja como cada uma delas funciona!

Entenda como funciona a migração upgrade

Nesse método, as empresas que já usam uma versão anterior do SAP devem migrar toda a sua base para o HANA. De tal forma, todas as informações que já são utilizadas poderão ser usadas na nova versão do software.

Os trabalhos podem ter continuidade, enquanto a conversão é realizada, tudo flui normalmente, sem que seja necessária uma paralisação das atividades.

Entenda como funciona a migração greenfield

A migração greenfield, por sua vez, exige que uma nova instalação do sistema seja realizada. Dessa forma, os trabalhos se iniciam do zero e é preciso copiar manualmente todas as informações do software antigo. Por conta disso, esse método é bastante trabalhoso e demanda muito mais tempo para ser conduzido.

Apesar disso, ela é necessária e recomendada para as empresas que têm versões muito antigas do SAP rodando. Nessas situações, fazer diversos upgrades seria mais trabalhoso do que iniciar tudo do zero. Por isso, o método greenfield é o mais recomendado.

Porém, se você tem dúvida sobre qual dos métodos é mais eficiente para a  sua empresa, o mais recomendado é conversar com uma consultoria especialista nesse assunto. É o caso da Escotta!

Somos uma empresa que garante “a melhor experiência SAP”, como diz o nosso slogan. Nosso trabalho não tem burocracia, assim como os nossos colaboradores são acessíveis e utilizam uma linguagem apropriada, sem usar o “consultês” para fazer com você!

Sabendo que 2027 é o ano limite para migração para SAP/HANA, não deixe isso para a última hora. A Escotta está à disposição para ajudá-lo nesse momento!

Para saber mais sobre a nossa empresa, leia agora o nosso artigo que explica como a Escotta garante a melhor experiência SAP. Assim, você terá a certeza de que temos a expertise necessária para auxiliá-lo na migração para  o SAP S/4HANA.

Escotta - Consultoria, Projetos e Soluções SAP