Conheça 8 aplicações da inteligência artificial em nosso cotidiano

Lembra-se da época em que a inteligência artificial parecia algo distante da realidade, cujas aplicações ainda demorariam para chegar no cotidiano do cidadão comum? Não faz tanto tempo assim, não é mesmo?

Pois é. Os tempos mudaram e as inovações chegaram rapidamente! Hoje, o cidadão médio consegue aproveitar diversos benefícios dessa tecnologia no seu dia a dia — e de uma forma tão completa que ele nem percebe a tecnologia complexa que opera ali.

Quer saber mais sobre o que é a inteligência artificial e seus benefícios? Continue a leitura e conheça também 8 aplicações dela no cotidiano e perceba o quanto ela está presente em sua vida!

A inteligência artificial e seu funcionamento

O conceito de inteligência artificial diz respeito à possibilidade de as máquinas realizarem operações de decisões com raciocínio semelhante ao dos humanos. Ela possibilita que máquinas aprendam, deliberem, decidam e percebam de forma inteligente de acordo com as situações apresentadas.

Assim, essa tecnologia aprimora os sistemas através de análises preditivas, permitindo que encontrem padrões que não eram esperados anteriormente, aprendam com eles e consigam recombinar os algoritmos para as novas situações. Cada situação específica, portanto, pode dar resultados diferentes de acordo com os inputs enviados para o sistema.

Ela tem base em três parâmetros:

·        modelo de dados que possibilite a análise, classificação e processamento dos inputs;

·        possibilidade de acesso direto a um banco de dados robusto e não processado, permitindo o aprimoramento do sistema;

·        possibilidade de alto processamento e com custo acessível, que viabiliza o processo.

Os benefícios de seu uso

O uso da inteligência artificial auxilia tanto empresas quanto usuários comuns em suas rotinas diárias. É por isso que seu desenvolvimento é tão amplamente realizado pelas empresas, corporações e universidades. Afinal, os ganhos são diversos:

·        aumento na automação;

·        maior comodidade para o usuário;

·        agilidade nas rotinas;

·        tomadas de decisões mais precisas;

·        redução de custos operacionais;

·        soluções de problemas de forma mais eficiente;

·        eficiência na comunicação entre empresa e usuário;

·        modernização das rotinas, entre outros.

20180612-servicos-cta

8 aplicações de inteligência artificial presentes no seu cotidiano

A inteligência artificial não é mais uma realidade distante do cotidiano das pessoas, pois já está imersa em diversas ferramentas que são utilizadas rotineiramente. Confira as 8 principais delas!

1. Reconhecimento facial no Facebook

Uma das aplicações mais comuns do dia a dia é o reconhecimento facial do Facebook. Ao postar fotos de amigos, você percebe que o site indica quais pessoas estão presentes nas fotos? Isso é possível por meio de análises preditivas realizadas pelos algoritmos do site, que identificam a face dos usuários e os indicam para marcação.

2. Indicação de produtos e conteúdos

Outro uso de inteligência artificial cuja interface é praticamente invisível para o usuário diz respeito à indicação de produtos em e-commerce (como a Amazon), filmes e séries (Netflix) e músicas (Spotify).

Por meio dos inputs gerados pelos padrões de comportamento do usuário, os algoritmos identificam quais são os possíveis interesses dele e indica outros conteúdos semelhantes. A precisão é tamanha que a margem de erro de indicação da Netflix, por exemplo, é de menos de meia estrela.

3. Chatbots de contato com o cliente

Os atendimentos realizados em chats online de SAC e redes sociais de forma automatizada são realizados por meio de inteligência artificial. O sistema identifica as palavras-chave utilizadas pelo usuário e, por meio dos algoritmos predefinidos, responde as questões elaboradas por ele.

Um exemplo simples é: um cliente pergunta qual o horário de funcionamento de determinado bar. O chatbot identifica as palavras-chave na frase utilizada e responde qual é o horário de abertura.

Isso permite agilizar o processo de atendimento, pois as questões mais comuns do público são respondidas mais facilmente. Caso apareça alguma questão que o algoritmo não consegue responder, o profissional responsável pelo atendimento de redes sociais encaminhará a resposta posteriormente.

4. Assistentes por voz

Na mesma linha dos chatbots, os assistentes por voz (tendo como maior expoente a Siri, do sistema iOS) também utilizam o mecanismo de identificação de palavras-chave para seu uso. Porém, inclui-se também no sistema a aplicação de pesquisa online para a resolução do problema.

Imagine, por exemplo, que um usuário pergunta quais são os restaurantes mais próximos do local em que ele está. O sistema decodifica as palavras-chave envolvidas (restaurantes mais próximos), realiza a pesquisa online segundo a localização da pessoa por meio do GPS e, então, assistente informa imediatamente o resultado da pesquisa.

5. Sistema de pesquisa do Google

Um dos sistemas de inteligência artificial mais enraizados no cotidiano das pessoas é o sistema de pesquisa do Google. E é justamente pela interface simples, mas com um sistema robusto e inteligente, que o buscador se tornou o mais acessado no mundo.

Por meio de recolhimento de dados prévios de acesso dos usuários, análise dos conteúdos e estruturas dos sites, é possível oferecer pesquisas personalizadas para cada indivíduo. Dificilmente uma pesquisa no site trará os mesmos resultados para duas pessoas diferentes! Assim, torna-se possível oferecer informações mais precisas e próximas do que cada usuário anseia.

6. Carros autônomos

Apesar de ainda não estar disponível para a população média, os carros autônomos estão cada vez mais próximos do cotidiano das pessoas. Empresas como Uber e montadoras estão investindo em tecnologias com base em inteligência artificial para criar carros que, por meio de sinais externos, conseguem se locomover sozinhos e não necessitam de motoristas para conduzi-los.

7. Segurança online

Por meio da análise inteligente dos mecanismos de atuação de vírus, os antivírus atuais são capazes de identificar comportamentos maliciosos e barrá-los antes que as ações maliciosas sejam colocadas em prática.

8. Internet das Coisas (Internet of Things)

A Internet das Coisas, ou Internet of Things (IoT), é uma das grandes revoluções ligadas à inteligência artificial no cotidiano dos usuários. A ideia é tornar os objetos conectados à internet e oferecer soluções inteligentes para os proprietários.

Um exemplo bastante difundido é a possibilidade de a sua geladeira avisar que determinado item está em falta (por exemplo, leite) e oferecer a opção da compra online com apenas um botão em seu smartphone. Assim, você não precisa ir até o mercado e, portanto, agiliza sua rotina. Esse é o cerne da Internet das Coisas: facilitar e automatizar questões comuns do seu cotidiano.

Viu só? Agora que você conhece alguns exemplos de como a inteligência artificial já está amplamente presente no dia a dia, fica fácil perceber que ela traz — e vai continuar trazendo — uma série de benefícios para a população.

Gostou deste conteúdo? Então, compartilhe-o nas suas redes sociais e mostre a realidade da inteligência artificial para seus amigos e seguidores!

20180612-servicos-cta
SAP S/4HANA e transformação digital: você está preparado?Inteligência artificial em vendas_ como ela está sendo usada para revolucionar o setor