Acesso ao SAP para terceiros: como liberar o acesso de forma segura e quais as vantagens?

Publicado em
Por Gian Carvalho
Viersen,,Germany,-,June,6.,2021:,Closeup,Of,Mobile,Phone

Plataforma permite funcionalidade que ajuda na automatização dos processos

Já imaginou como seria mais fácil se os próprios clientes, parceiros e fornecedores pudessem visualizar informações pertinentes no sistema ou até mesmo realizar solicitações de forma online? Com certeza, isso seria um ganho de tempo para a equipe e uma melhor experiência e autonomia para esses terceiros.

No entanto, há sempre o dilema: como permitir esse acesso e assegurar a proteção dos dados especialmente dentro do SAP, que é um sistema extremamente restrito?

Pois saiba que é possível disponibilizar este acesso através do SAP BTP, que é a plataforma de desenvolvimento Cloud da SAP.

Se você ainda não conhecia essa possibilidade e quer saber como implantá-la em seu negócio, veja neste artigo mais detalhes e benefícios de disponibilizar o acesso ao SAP a terceiros.

Em que situações é possível liberar o acesso ao SAP para terceiros?

Para responder a essa pergunta, antes de tudo, é necessário observar que o SAP foi criado com a finalidade de agilizar os processos internos das empresas em relação às atividades financeiras, fiscais e administrativas. Tendo isso em mente, é possível mapear situações do dia a dia em que clientes ou fornecedores necessitam de informações relacionadas a esses processos ou até mesmo realizar requisições.

Sem uma plataforma que permita o acesso direto e online, isso só seria possível de forma manual. Ou seja, o terceiro precisaria entrar em contato com algum colaborador para consultar essas informações e/ou realizar solicitações.

Resultado: desperdício de tempo de trabalho com uma atividade operacional que poderia facilmente ser facilitada por meio de um acesso controlado ao sistema.

Considerando esse cenário e visando à agilidade dos processos, listamos abaixo algumas das principais tarefas cujo acesso poderia ser liberado no SAP a terceiros. São elas:

  • Possibilitar que o fornecedor consiga visualizar pagamentos previstos de suas notas fiscais;
  • Possibilitar que o cliente consiga visualizar o seu crédito ou data de entrega de um determinado pedido;
  • Possibilitar a emissão de segunda via de boletos e/ou documentos relevantes;
  • Possibilitar que o cliente faça a solicitação de um material diretamente via sistema;
  • Permitir a movimentação do estoque por empresas terceiras (transportadoras e operadores logísticos);
  • Terceirizar execução de tarefas.

 Obs.: vale destacar que a liberação de uma ou mais funções de acesso pode ser realizada pela empresa considerando suas particularidades, necessidades, objetivos e sua governança de TI.

Quais os benefícios da liberação de acesso ao SAP para terceiros?

Como vimos acima, o principal benefício dessa função está na automatização dos processos e ganho de tempo. Por isso, ao mapear o processo e verificar como e em que situações é possível liberar o acesso, o gestor precisa avaliar que atividades não necessitam do intermédio de um profissional para serem realizadas via sistema.

Por exemplo, um processo em que a solicitação de impressão de Nota Fiscal seja possível apenas preenchendo um formulário ou solicitando por e-mail ao analista exigirá que alguém encaminhe o documento ao cliente ou parceiro. Com a liberação do acesso ao SAP, o terceiro poderá realizar a solicitação por conta própria, sem intermédio de ninguém.

Além disso, a liberação também possibilita à empresa:

  • Permissão para que o próprio parceiro execute atividades na plataforma externa e que essas atividades disparem rotinas automáticas no SAP;
  • Integração com o sistema S4HANA ou ECC;
  • Integração nativa com os demais sistemas SAP;
  • Solução desenvolvida utilizando componentes do BTP no formato SaaS (pago conforme o uso)

Como fica a segurança de dados e a LGPD com o acesso de terceiros ao SAP?

O acesso de terceiros ao SAP é altamente seguro e confiável, pois o próprio cliente pode controlar os parâmetros que cada usuário externo terá no sistema, tendo acesso apenas a informações relativas ao seu processo e rotinas na empresa.

Desse modo, é possível parametrizar o sistema seguindo as regras da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e as políticas de governança da empresa.

Por exemplo, em uma determinada empresa, clientes poderão ter acesso apenas às funções de visualização de Notas Fiscais e informações financeiras, enquanto fornecedores e parceiros poderão requisitar serviços e documentos.

Como realizar o acesso de terceiros ao SAP?

Para disponibilizar os acessos ao SAP, é necessário desenvolver as integrações e telas que serão utilizadas pelos parceiros.

Para começar, a autenticação e gestão de acessos pode ser feita no SAP Cloud Identity Services, garantindo que as melhores práticas de governança e segurança sejam respeitadas.

Além disso, será necessário:

  • Efetuar o desenvolvimento das integrações no SAP BTP para extração das informações do ERP, bem como para operacionalização das atividades;
  • Utilizar o banco de dados HANA Cloud e backend ABAP (se for necessário, de acordo com a necessidade dos sistemas do cliente);
  • Realizar o desenvolvimento front end das telas em FIORI/IU5 que serão liberadas para usuários terceiros utilizando o Business Application Studio no BTP.

Para o desenvolvimento dessas funcionalidades no SAP, a empresa poderá solicitar apoio de uma consultoria especializada no sistema, como é o caso da Escotta, que conta com um time de especialistas em SAP para aprimorar a gestão e usabilidade da plataforma.

No caso da liberação dos acessos, nossos consultores darão todo suporte para avaliar as necessidades do negócio, realizar o desenvolvimento dessas funcionalidades necessárias no sistema e orientar o gestor em relação ao passo a passo de como será realizada na prática a função pelos terceiros.

Conheça outras funcionalidades do SAP para aumentar a produtividade da sua empresa

Além da liberação de acesso a terceiros, o SAP também oferece outras funcionalidades voltadas à otimização do tempo de trabalho dos profissionais, como é o caso da plataforma BTP.

Se você ainda não conhece o BTP e quer saber como o uso dessa ferramenta pode ajudar a sua empresa, clique aqui para ler o artigo que preparamos com informações detalhadas sobre o tema.

Outro exemplo é o da plataforma BTP (antiga plataforma SCP), que permite a criação de novos aplicativos no SAP. Para saber como essa plataforma funciona e conhecer um case de sucesso da empresa Votorantim com o uso dessa funcionalidade a partir da consultoria especializada da Escotta, clique aqui

Caso você tenha interesse em conhecer e implantar em sua empresa essas ou outras funcionalidades disponíveis no SAP, converse com um dos especialistas da Escotta, empresa de consultoria especializada em automatização de processos no sistema SAP.

COMPARTILHAR
BRASIL
Curitiba PR • São Paulo SP • Joinville SC
CHILE
Concepción • Santiago
SAP Silver Partner

A ESCOTTA utiliza cookies e outras tecnologias neste website de acordo com a LGPD (Lei 13.709/18) e demais informações da nossa Política de Privacidade.